Translate my page

Pesquisar neste BLOG

30 de nov de 2009

Nossas crenças determinam nossa qualidade de vida e saude

texto 
Biologia da Crença
Por Bruce Linpton

Reprogramando o nosso Subconsciente
Nossa mente subconsciente é comparada a uma Jukebox carregada com músicas pré estabelecida. Basta apertar a tecla certa e a música escolhida entrará.



Se não gostamos da música, não será chutando e batendo na máquina que ela irá obedecer nosso comando.


Teremos que reprogramá-la com músicas novas  ao nosso gosto e assim apertar a teclao estímulo ambiente


Quando temos noção que não conseguimos mudar os velhos padrões deixamos de chutar a máquina – A mente subconsciente e procuramos técnicas novas científicas para reprogramá-la.

Cheguei a conclusão que não somos vítimas de nossos genes e sim donos de nosso próprio destino, capazes de criar uma vida cheia de paz, felicidade e amor.

Todos os seres humanos são DEUS.


Nossas crenças controlam nossa mente, nossa vida e nosso corpo.
Nossas crenças comandam nossa existência.

Percebemos que a mente consciente está muito além da mera programação genética. Nesse momento estamos evidenciando um fato novo, uma maneira nova de ver a vida, a existência nesse planeta.

O pensamento positivo tem efeito profundo sobre nosso comportamento e sobre nossos genes, mas somente se estiverem em harmonia com nossa programação subconsciente e o mesmo vale para os pensamentos negativos.

Charles Darwin há 150 anos propôs a teoria que os organismos vivem em uma perpétua “luta pela sobrevivência”. Para ele a luta era a forma básica para o desenvolvimento evolucionário.

“A inevitável luta pela sobrevivência” caminha pela guerra da natureza, da escassez à morte, indicando que a evolução se dá de maneira aleatória e temos um mundo de pequenas batalhas sangrentas e sem sentido em nome da sobrevivência...

Lamark (1744-1829) apresentou 50 anos antes de Darwin uma explicação menos drástica para os mecanismos da evolução. 
Diz: que a evolução está baseada em uma interação cooperativa entre os organismos e seu meio ambiente, que lhes permite sobreviver e evoluir em um mundo dinâmico.

Os organismos passam por adaptações necessárias à sua sobrevivência em uma ambiente que se modifique constantemente.


Suas hipóteses se ajustam muito bem nesse momento a nova biologia sobre como os sistemas imunológico se adaptaram ao ambiente da mesma maneira que descrevi acima.

A teoria de Lamark foi duramente criticado pela igreja, pois iria de encontro a toda a filosofia de que o homem foi gerado por um sopro divino e não de formas primitivas. 


Sendo assim ridicularizado pela sociedade científica na época que compartilhavam sua ignorância com a igreja.

Nas últimas décadas aprendemos a combater os microorganismos usando os mais diferentes antibióticos e antibactericidas ignorando o fato que essas bactérias são essenciais para a nosso equilíbrio saudável. 


Esses medicamentos eliminam microorganismos nocivos ao nosso corpo, mas também matam indiscriminadamente aqueles que são essenciais para nossa saúde.

Estudos recentes da ciência do genoma revelaram outro mecanismo de cooperação entre espécies. Antes se pensava que os genes eram transmitidos exclusivamente à prole de cada espécie e por meio da reprodução.

Sabe-se agora que os genes podem ser compartilhados não apenas entre membros da mesma espécie, mas também entre outras.

Esse processo de transferência genética acelera a evolução, pois os novos organismos podem adquirir experiências “já aprendidas” pelos outros. 


Com essa troca de genes os organismos não podem mais ser vistos como entidades separadas, não tendo mais a suposta divisão entre as  espécies.

Essa troca de informação genética não ocorre por “acidente” ou acaso. Trata-se de um método que a natureza utiliza para aumentar as chances de sobrevivência da Biosfera.

Precisamos enfatizar a importância da comunidade. O Cientista Timothy Lenton apresentou evidencias de que a evolução depende mais da interação entre diversas espécies do que a interação do indivíduo somente com a sua própria espécie.

Só sobrevive os grupos que melhor se adaptarem ao ambiente, não apenas seus indivíduos.

Já se sabe há muito tempo que o cérebro é um órgão elétrico. Precisamos desenvolver muitos estudos e pesquisas sobre essa área tão promissora que envolve a física quântica, a engenharia elétrica, a química e a biologia. Essa pesquisa pode ser benéfica resultando forma de terapia com menos efeitos colaterais que as drogas convencionais.

Todos os organismo  incluindo os humanos comunicam se e lêem o ambiente por meio de campos de energia.

Por sermos tão dependentes das linguagens falada e escrita acabamos abandonando o sistema de comunicação por intermédio de sensibilidade energética. E assim como qualquer função biológica a falta de uso leva a atrofia.

Vc já deve ter sentido um frio na barriga ao passar em determinado lugar – interferência destrutiva – vibrações negativas. E o dia que se sentiu energizado – interferência construtiva – boas vibrações.

Devemos utilizar bem as  energias positivas canalizando-as. Como um ar condicionado trabalhando de janelas e portas abertas a energia se desperdiça  - Devemos fechar as saídas analisando cada área de nossa vidas para que a energia se concentre.

A revolução quântica já chegou. A energia pode influenciar mais diretamente o ou com mais finalidade a matéria do que agentes químicos.

Pensar positivo não funciona
O simples fato de pensar positivo não leva à cura de doenças. É fundamental para a saúde e bem estar manter a energia da mente positiva e elevar a auto estima, evitando pensamentos negativos que drenam energia e debilitam o corpo.

O que é preciso alertar é para as subdivisões aparentemente separadas da mente a consciente e a inconsciente são interdependentes.


A mente consciente é a mais criativa e a que gera “pensamentos positivos”
Já a mente subconsciente é o depósito de todas as experiências vividas – mantendo sempre o mesmo padrão habitual. 


Emitindo uma programação comportamental ao longo de toda a vida.

Se os desejos da mente consciente entram em conflito com os programas subconscientes o lado vencedor será sempre o subconsciente.

Mesmo que repita cem vezes que vai se curar e que as pessoas lhe amam e seu subconsciente em criança foi programado para “sempre teve saúde frágil” , “ninguém te suporta” – sua mente subconsciente barrará qualquer chance de modificar sua vida – mas há maneiras de reprogramar o  cérebro.

O cérebro

A função do cérebro é coordenar o diálogo entre as moléculas sinalizadoras. Da comunidade. O resultado disso é que em uma comunidade de células todas devem se submeter ao controle de uma autoridade maior – o cérebro – que controla o comportamento de todas as células do corpo – pensemos antes de acusar as partes do corpo pelos problemas de saúde que temos!


A evolução do sistema converteu os sinais de comunicação química em sensações acessíveis a todas as células da comunidade. 


Nossa mente consciente não é só capaz de ler o fluxo de sinais de coordenação celular que compõe toda a mente do corpo como também de gerar as emoções que se manifestam por meio da emissão controladora de sinais pelo sistema nervoso.

As emoções (seg. Candice Pert) não se originam apenas de respostas do corpo ao ambiente. 


Por meio da autoconsciência, a mente pode usar o cérebro para gerar “moléculas de emoção” e agir sobre todo nosso  sistema .

Enquanto o uso apropriado da consciência pode tornar um corpo doente mais saudável, o controle inconsciente, inapropriado das emoções, pode causar muitas doenças.

Aprender um novo reflexo ou comportamento e basicamente um produto do condicionamento.
O córtex pré-frontal parece ser o centro do processamento da inconsciência – um órgão sensor que observa nosso comportamento e emoções.


O antropólogo Emily  Shchultz – “os seres humanos depende, mais do aprendizado para sobreviver do que as outras espécies Não temos instinto que nos protejam automaticamente e nos levem a encontrar água, comida e abrigo, por exemplo”

A mente autoconsciente é auto refletora que observa nosso comportamento e emoções. Essa mente tem acesso a maior parte das informações armazenadas em nosso banco de memória


Um recurso importante que nos permite lembrar de toda história de nossa vida e pode planejar nossas ações futuras – ela observa todos os comportamentos programados que adotamos, avalia cada um deles e decide conscientemente se deve modificá-lo.

Podemos escolher como vamos reagir ou não á maioria dos sinais do ambiente.

Essa faculdade especial também é uma cilada. A habilidade de aprender do cérebro é tão avançada que podemos adquirir conhecimentos através de percepções indiretas a partir das experiências dos outros  - quando aceitamos essa verdades elas se tornam definitivas em nosso cérebro e passam a ser nossas verdades.

Dependendo da verdade dos outros absorvemos informações imprecisas -  minha versão. 


Portanto a palavra que define esse comportamento é a crença – As crenças controlam a biologia!!!


A hierarquia das células


Imagine que vc trabalha em uma empresa e seu gerente lhe dá uma ordem, mas seu diretor a cancela e manda que faça outra coisa totalmente diferente,oposta a quem vc obedece?

Pois isso acontece com as células, elas seguem instruções do sistema nervoso central (cérebro)  mesmo que estejam em conflito com estímulos locais – efeito  placebo.

Exemplo do efeito placebo.
Médico Bruce Mosely (2002) operou muitos pacientes com problemas sérios de joelho e avaliou que em toda a cirurgia havia o fator placebo, mas queria ir além e descobrir em que parte da cirurgia trazia alívio ao paciente – dividiu os em 3 grupos – 


No primeiro grupo raspou a cartilagem danificada.
No segundo grupo lavou o local com jato d’água – método padrão para artrite no joelho. No terceiro grupo sedou os pacientes e fez três incisões no joelho e agiu como se tivesse executado  a cirurgia. 


Após 40 minutos fechou as incisões – prescreveu ao paciente dos 3 grupos o mesmo tratamento pós cirúrgico que incluía programa de fisioterapia.

Resultado = os 3 grupos obtiveram melhoras.

Dr. Mosely disse: “minhas habilidades de cirurgião  não resultaram benefício algum para esses  pacientes – o único efeito  em todos eles foi o placebo”


O senhor que não foi operado relatou que não conseguia andar, mas agora jogava basquete com os netos, antes andava de bengala.


Só foi lhe dito que nada foi feito depois de 2 anos da cirurgia.

Se o efeito placebo pode curar imagina o poder  da crença negativa – efeito Nocebo.

Cuidado com seus diagnósticos mensagens que desanimam os pacientes. 


Crenças positivas e negativas têm impacto não apenas sobre nossa saúde, mas também sobre aspectos de nossa vida.

Vc pode escolher aquilo que quer ver. Vc pode escolher viver com medo ou com amor. 


Aprender a mudar sua mente pra crescer e se desenvolver é o segredo da vida.

Mecanismo de sobrevivência crescimento e proteção – a base do comportamento que garante a vida  dos organismos.

O crescimento intelectual é o fator vital para a sobrevivência mesmo que já  seja adulto.


Um ponto a considerar é que crescimento e proteção não podem operar simultaneamente – as células não podem operar simultaneamente (fuga- ataque).


A distribuição da energia para reação de proteção invariavelmente resulta na redução do crescimento.


Situações que envolvam reações de proteção prolongada inibem a produção de energia  que mantém  a vida.

Na seqüência eliminar apenas o ponto de estresse nos coloca num campo neutro do processo.


Para estar bem de verdade precisamos vivenciar momentos de alegria, amor e satisfação que estimulem a produção de energia – crescimento.

O medo mata!

A maioria das doenças humanas está relacionada ao estresse crônico. Estamos sempre prontos para fugir ou atacar. Deixar  de ter medo é o primeiro passo para viver de maneira  mais completa e feliz.

Conflitos de valores
Quando nossa mente consciente tem uma crença que entra em conflito com as verdades armazenadas em nosso subconsciente o resultado é o enfraquecimento dos músculos do corpo.

 O subconsciente é um grande centro de dados e programas desprovido  de emoção, cuja a função é simplesmente nenhum tipo de questionamento ou julgamento prévio.

Em média 50% da inteligência potencial de uma criança é controlado por fatores ambientais.

A mente inconsciente recebe 40 estímulos  nos mesmo segundo. A mente subconsciente – um dos maiores processadores de informação na atualidade – observa o mundo  ao nosso redor e a consciência  interna se adapta ao ambiente imediatamente previamente aprendendo. 


Quando operam juntos, a mente consciente pode utilizar  seus recursos para se concentrar em um objeto específico como a festa na sexta que vem - Ao mesmo tempo a mente inconsciente – dirige, fala ao celular, briga com a criança no banco de atrás do carro.

Conscientemente  vc não abe que está dirigindo e onde  está indo. Quem está no controle é a sua mente subconsciente .

A programação subconsciente assume o controle toda vez eu a mente consciente se distrai.

A mente  consciente pode avançar e retroceder no tempo. Futuro e passado.
A mente subconsciente opera  apenas no presente – executa o hoje.
A mente consciente sonha , faz planos para o futuro relembra á noite  anterior, sua festa de debutante..
A mente subconsciente está ocupada administrando com eficiência o comportamento exigido no momento sem necessidade dê supervisão consciente.

Porem algo pode dar errado.
A mente consciente é o EU a  voz do pensamento – quando estamos mergulhados em pensamentos criando comportamentos pré programados quando criança pelos nossos pais.

Os maiores obstáculos para alcançarmos o sucesso  a que almejamos são as limitações programados  em nosso subconscientes. 


Essas limitações não só influenciam nosso comportamento, mas também, determina nossa fisiologia e saúde.


Vc é a soma de seus pensamentos



 O SUBCONSCIENTE É INCAPAZ DE ARGUMENTAR


Sua mente subconsciente é cheia de sabedoria e conhece as respostas de todas as questões. Ela não argumenta nem discute com você.

Quando você cria obstáculos, impedimentos e dilações em sua mente consciente está negando a sabedoria e a inteligência de sua mente subconsciente.

Você está na verdade reconhecendo que seu subconsciente é incapaz de resolver o seu problema. Se deseja que o subconsciente trabalhe para você, faça-lhe o pedido certo e obtenha a sua cooperação. Aliás, o subconsciente está permanentemente trabalhando para você.

O SUBCONSCIENTE O SEU LIVRO DA VIDA
Quaisquer que sejam os pensamentos, crenças, opiniões, teorias ou dogmas que você grave em seu subconsciente, você os experimentará como a manifestação objetiva de circunstâncias, condições ou acontecimentos.

O que você grava no seu interior, experimentará no exterior.

A sua vida possui duas partes,
a objetiva e a subjetiva,
a visível e a invisível,
o pensamento e sua manifestação.


William James, o pai da psicologia americana, disse que o poder de mover o mundo está no subconsciente 

Não há doenças nem discórdia quando o consciente e o subconsciente trabalham juntos harmoniosa e pacificamente. Quando esses dois princípios trabalham de acordo, em harmonia, paz e sincronizados, há saúde, felicidade, paz e alegria.

O que você sente subjetivamente como verdade é expresso como condicionamentos, experiências e acontecimentos. Ação e emoção devem equilibrar-se.

O consciente interfere freqüentemente com o ritmo normal do coração, dos pulmões e o funcionamento do estômago e dos intestinos em conseqüência de preocupações, ansiedade, medo e depressão.

Essas modalidades de pensamento prejudicam o funcionamento harmonioso do subconsciente. Quando se está mentalmente perturbado, o melhor é procurar esquecer tudo, descontrair-se e travar as engrenagens dos processos mentais.

COMO TRANSMITIR A IDÉIA DE
SAÚDE PERFEITA AO SEU SUBCONSCIENTE

O processo de todas as curas é uma atitude mental positiva e definida, uma atitude interior, uma maneira de pensar que, em suma, se chama fé.

A cura se deve a uma esperança confiante que atua como uma poderosa sugestão sobre o subconsciente, libertando o seu poder de curar.

A idéia que você tem para um livro, uma nova invenção ou uma peça, é real em sua mente. Esta é a razão pela qual você pode acreditar que já a possui.

Acredite na realidade de sua idéia, projeto ou invenção e, na medida em que o fizer, tudo se tornará manifesto.

Toda doença se origina na mente. Nada surge no corpo a menos que haja um padrão mental correspondente.

O QUE SIGNIFICA A CURA PELA
 FÉ E COMO A FÉ TRABALHA CEGAMENTE

O que se chama popularmente de cura pela fé não é a fé mencionada na Bíblia, que implica no conhecimento da interação das mentes consciente e subconsciente.

O curandeiro pela fé não possui qualquer compreensão científica dos poderes e forças envolvidos na cura.

Pode afirmar que possui um dom especial de cura e seus supostos poderes podem trazer resultados se as pessoas doentes acreditarem cegamente nele.

A sua mente subconsciente está em contato com a vida infinita e a sabedoria ilimitada e seus impulsos e idéias estão sempre voltados para a vida.

As grandes aspirações, inspirações e visões de uma vida melhor e mais nobre saem do subconsciente. As suas convicções mais profundas são aquelas com as quais você não pode argumentar racionalmente, pois não se originam de sua mente consciente vêm de sua mente subconsciente.

O seu subconsciente fala-lhe através de intuições, impulsos, pressentimentos, sugestões, anseios e idéias - e está sempre a dizer-lhe que se erga, distinga-se, cresça, avance, aventure-se e se alce a novas alturas.

O impulso de amor e o de salvar vidas alheias vem das profundezas do seu subconsciente.

COMO O CORPO REFLETE
OS TRABALHOS DA MENTE

A interação das suas mentes consciente e subconsciente exige uma interação semelhante dos correspondentes sistemas nervosos.

O sistema cérebro-espinhal é o órgão da mente consciente e o sistema simpático é o órgão da mente subconsciente.

O sistema cérebro-espinhal é o canal através do qual você recebe a percepção consciente pelos cinco sentidos físicos e exerce controle sobre o movimento do seu corpo.

Esse sistema possui seus nervos no cérebro e é o canal da sua ação mental volitiva e consciente.

"O nervo vago deixa a região do cérebro como uma parte do sistema voluntário e através dele controlamos os órgãos vocais;

Mais adiante passa pelo tórax e envia ramificações para o coração e os pulmões; finalmente, passando pelo diafragma, perde a camada externa que distingue com os nervos do sistema simpático, formando assim um elo de ligação entre os dois e fazendo do homem, fisicamente, uma entidade única.




"De maneira semelhante, diferentes áreas do cérebro indicam sua ligação com as atividades objetivas e subjetivas da mente. De modo geral, podemos indicar a parte frontal do cérebro como relacionada com as atividades objetivas e a parte posterior às atividades subjetivas, enquanto a parte intermediária partilha de ambas as características."

Quando O medo, falsas crenças e padrões negativos são registrados em nossa mente subconsciente, através de condicionamento psicológico, emocional, não há outro caminho aberto à mente subconsciente que não agir de acordo com as especificações que lhe foram apresentadas.

Os cientistas já constataram que construímos um novo corpo de onze em onze meses - portanto, do ponto de vista físico, temos realmente apenas onze meses de idade.

Se você constrói um corpo imperfeito, com pensamentos de medo, raiva, ciúme e má vontade, o único responsável será você mesmo.

Você é a soma total de todos os seus pensamentos.

Mas você pode evitar os pensamentos e imagens negativas. O caminho para libertar-se da escuridão é a luz, o meio de superar o frio é o calor, a maneira de suprimir os pensamentos negativos é substituí-los por bons pensamentos. Procure o bem - e o mal desaparecerá.

É anormal estar doente - significa simplesmente que você está indo contra a corrente da vida e pensando negativamente.

A lei da vida é a lei do desenvolvimento. Toda a natureza testemunha o funcionamento dessa lei, expressando-se, silenciosa e constantemente, através da lei do crescimento.

Onde há desenvolvimento, deve haver vida; onde há vida, deve haver harmonia; e onde há harmonia, deve haver saúde perfeita.

Se seu pensamento está em harmonia com o princípio criador do seu subconsciente, você está sintonizado com o princípio inato da harmonia.

Se tem pensamentos que não estão em consonância com o princípio da harmonia, esses pensamentos aderem a você, atormentam-no, preocupam-no e, finalmente, trazem doenças e mesmo, possivelmente; a morte, se persistirem.

Na cura das doenças, você deve aumentar o influxo e distribuição das forças vitais do seu subconsciente através de seu sistema.

Isso pode ser realizado com a eliminação dos pensamentos de medo, ansiedade, ciúme, ódio e todos os outros pensamentos destrutivos que tendem a arrebentar e destruir seus nervos e glândulas - tecidos do corpo que controlam a eliminação de todo o material sem utilidade.

Vigie seus pensamentos. Cada pensamento aceito como verdade é enviado pelo cérebro ao seu plexo solar - o cérebro abdominal - e trazido ao seu mundo exterior como uma realidade.

O Dr. John Bielow, notável autoridade em tudo o que se refere ao sono Diz que a principal razão para dormirmos é para que "a parte mais nobre da alma se una por abstração à nossa natureza mais elevada e se torne participante da sabedoria e presciência dos deuses".


texto extraído de várias fontes

O poder do Subconsciente -Dr. Joseph Murphy 
Conexão Saúde / Cura Quantica -  Deepack Chopra 
C


27 de nov de 2009

Rubem Alves: A complicada arte de ver

Parece que vou começar com o pé deireito.


Hoje um belo texto foi me enviado através de e-mail por um amigo que está "sintonizado" com o que sempre (que podemos) - conversamos.  Esse texto vem mostrar de forma simples e absoluta a máxima do:


Só vemos aquilo que conhecemos, que faz parte da nossa experiência.


Obrigada meu amigo Cecchetti, vc captou a mensagem. Vc é uma poeta - todos sabem, mas um poeta que tem os pés no chão e sabe que o ambiente nos engana. 



Nosso mundo é o reflexo da nossa consciência.


Rubem Alves
colunista da Folha de S.Paulo


Ela entrou, deitou-se no divã e disse: "Acho que estou ficando louca". 
Eu fiquei em silêncio aguardando que ela me revelasse os sinais da sua loucura. "Um dos meus prazeres é cozinhar. Vou para a cozinha, corto as cebolas, os tomates, os pimentões _é uma alegria! 


Entretanto, faz uns dias, eu fui para a cozinha para fazer aquilo que já fizera centenas de vezes: cortar cebolas. Ato banal sem surpresas. Mas, cortada a cebola, eu olhei para ela e tive um susto. Percebi que nunca havia visto uma cebola. Aqueles anéis perfeitamente ajustados, a luz se refletindo neles: tive a impressão de estar vendo a rosácea de um vitral de catedral gótica. 


De repente, a cebola, de objeto a ser comido, se transformou em obra de arte para ser vista! E o pior é que o mesmo aconteceu quando cortei os tomates, os pimentões... Agora, tudo o que vejo me causa espanto."


Ela se calou, esperando o meu diagnóstico. Eu me levantei, fui à estante de livros e de lá retirei as "Odes Elementales", de Pablo Neruda. 


Procurei a "Ode à Cebola" e lhe disse: "Essa perturbação ocular que a acometeu é comum entre os poetas. Veja o que Neruda disse de uma cebola igual àquela que lhe causou assombro: 'Rosa de água com escamas de cristal'. Não, você não está louca. Você ganhou olhos de poeta... Os poetas ensinam a ver".


Ver é muito complicado. Isso é estranho porque os olhos, de todos os órgãos dos sentidos, são os de mais fácil compreensão científica. A sua física é idêntica à física óptica de uma máquina fotográfica: o objeto do lado de fora aparece refletido do lado de dentro. Mas existe algo na visão que não pertence à física.


William Blake sabia disso e afirmou: "A árvore que o sábio vê não é a mesma árvore que o tolo vê". 


Sei disso por experiência própria. Quando vejo os ipês floridos, sinto-me como Moisés diante da sarça ardente: ali está uma epifania do sagrado. 


Mas uma mulher que vivia perto da minha casa decretou a morte de um ipê que florescia à frente de sua casa porque ele sujava o chão, dava muito trabalho para a sua vassoura. Seus olhos não viam a beleza. Só viam o lixo.


Adélia Prado disse: "Deus de vez em quando me tira a poesia. Olho para uma pedra e vejo uma pedra". Drummond viu uma pedra e não viu uma pedra. A pedra que ele viu virou poema.


Há muitas pessoas de visão perfeita que nada vêem. 
"Não é bastante não ser cego para ver as árvores e as flores. Não basta abrir a janela para ver os campos e os rios", escreveu Alberto Caeiro, heterônimo de Fernando Pessoa. 


O ato de ver não é coisa natural. Precisa ser aprendido. 
Nietzsche sabia disso e afirmou que a primeira tarefa da educação é ensinar a ver. 


O zen-budismo concorda, e toda a sua espiritualidade é uma busca da experiência chamada "satori", a abertura do "terceiro olho". Não sei se Cummings se inspirava no zen-budismo, mas o fato é que escreveu: 


"Agora os ouvidos dos meus ouvidos acordaram e agora os olhos dos meus olhos se abriram".


Há um poema no Novo Testamento que relata a caminhada de dois discípulos na companhia de Jesus ressuscitado. Mas eles não o reconheciam. Reconheceram-no subitamente: ao partir do pão, "seus olhos se abriram". 


Vinícius de Moraes adota o mesmo mote em "Operário em Construção": 
"De forma que, certo dia, à mesa ao cortar o pão, o operário foi tomado de uma súbita emoção, ao constatar assombrado que tudo naquela mesa _garrafa, prato, facão_ era ele quem fazia. Ele, um humilde operário, um operário em construção".


A diferença se encontra no lugar onde os olhos são guardados. 
Se os olhos estão na caixa de ferramentas, eles são apenas ferramentas que usamos por sua função prática. 


Com eles vemos objetos, sinais luminosos, nomes de ruas _e ajustamos a nossa ação. 
O ver se subordina ao fazer. Isso é necessário. Mas é muito pobre. 


Os olhos não gozam... Mas, quando os olhos estão na caixa dos brinquedos, eles se transformam em órgãos de prazer: brincam com o que vêem, olham pelo prazer de olhar, querem fazer amor com o mundo.


Os olhos que moram na caixa de ferramentas são os olhos dos adultos. 
Os olhos que moram na caixa dos brinquedos, das crianças. 



Para ter olhos brincalhões, é preciso ter as crianças por nossas mestras. Alberto Caeiro disse haver aprendido a arte de ver com um menininho, Jesus Cristo fugido do céu, tornado outra vez criança, eternamente: 


"A mim, ensinou-me tudo. Ensinou-me a olhar para as coisas. Aponta-me todas as coisas que há nas flores. Mostra-me como as pedras são engraçadas quando a gente as têm na mão e olha devagar para elas".


Por isso _porque eu acho que a primeira função da educação é ensinar a ver_ eu gostaria de sugerir que se criasse um novo tipo de professor, um professor que nada teria a ensinar, mas que se dedicaria a apontar os assombros que crescem nos desvãos da banalidade cotidiana. 


Como o Jesus menino do poema de Caeiro. Sua missão seria partejar "olhos vagabundos"...


Rubem Alves, 71, educador, escritor. Livros novos para crianças e adultos-crianças: "Os Três Reis" (Loyola) e "Caindo na Real: Cinderela e Chapeuzinho Vermelho para o Tempo Atual" (Papirus).
Site: www.rubemalves.com.br




Faço minhas as palavras do mestre Rubem Alves - Um bom Mestre ensina a ver!!

26 de nov de 2009

Materialismo

O materialismo designa um conjunto de doutrinas filosóficas que, ao rejeitar a existência de um princípio espiritual liga toda a realidade à matéria e a suas modificações.
·          
Os primeiros filósofos materialistas, são alguns filósofos pré-socráticos: Demócrito, Leucipo, Epicuro, Lucrécio, os estóicos, que se opunham na questão da continuidade da matéria.

O materialismo histórico é uma tese do marxismo, segundo a qual o modo de produção da vida material condiciona o conjunto da vida social, política e espiritual.

O termo materialismo é também utilizado para designar a atitude ou o comportamento daqueles que se apegam aos bens, valores e prazeres materiais e fazem disso o centro de suas percepções e paradigmas de vida.

Os limites do materialismo provêm essencialmente dos conceitos que são forjados inicialmente e que provocam bloqueios quando se cristalizam por uma razão ou outra (crenças diversas).
 
O pensamento funciona seguindo o princípio do dicionário, isto é, todas as definições necessitam ser expressas em palavras que, por sua vez, possuem outras definições que são expressas por meio de outras palavras, e assim por diante.

Se o usuário não tivesse uma referência externa, ele não poderia compreender nenhuma definição do dicionário.

Deste modo, cada ser humano utiliza seu sistema nervoso para definir o mundo, que, por sua vez, deve ser percebido anteriormente por aquele mesmo ser humano, o que lhe possibilitará definir os outros elementos que ele percebe.

A única maneira que o ser humano tem de acreditar que ele pode sair desse círculo vicioso é o consenso que ele tem com os outros seres humanos.

Vc não Vê aquilo que não conhece

Workshop de laura botelho fala sobre:

Mentes - Entenda porque Mentes masculinas e Mentes femininas estão em uma eterna disputa. Entender como funcionam seus cérebros faz toda a diferença para diminuir os atritos.

Emoções - Ter consciência de suas emoções, identifica-las, administra-las na medida certa, na quantidade certa, é ter equilíbrio, consequentemente = saúde e auto cura.

Neurolinguística - aprenda a usar seu cérebro. Nesse momento é ele que está usando você. A Lei do Universo é clara: Se você não é capaz de gerir sua própria energia, sua consciência, então alguém o fará por você.

Física quântica - a Nova Física mudou a nossa vida, mas você não tem consciência disso. Novas perspectivas, novos pontos de vista, novas interpretações sobre nosso velho mundo.



E-mail para contato.

"o sentido da vida é quando o seu propósito e o meu propósito se cruzam, então estamos fora do espaço, fora do tempo e trabalhamos juntos de uma forma totalmente diferente que afeta não só a você ou a mim, mas o todo"