Translate my page

Pesquisar neste BLOG

10 de jul de 2012

A Metáfora da Vida


Video explicativo sobre a proposta do Workshop



Workshop - temas abordados from Laura on Vimeo.

Somos ignorantes de nós mesmos e para compreendermos a metáfora por trás desse nosso mundo particular que experimentamos, precisamos primeiro compreender como percebemos a palavra mundo.

Click na imagem para aumenta-la

A palavra World vem do Inglês Antigo weorold (uld), weorld, worold (uld,-eld) , um composto de wer "homem" e eld "idade", que, portanto, significa aproximadamente "Idade do Homem".

A palavra correspondente em latim é mundu, literalmente "limpa, elegante, ordenado", uma tradução do empréstimo do grego cosmos induzida pela religião cristã.

Embora a palavra em sua essência reflita uma noção mitológica de um "domínio do homem" presumivelmente, em oposição à esfera divina, o termo greco-latino exprime uma noção de criação como um ato de estabelecer a ordem do caos.

A história do mundo está compreendida como abrangendo os principais desenvolvimentos geopolíticos de cerca dos últimos 5 mil anos, desde as primeiras civilizações até o presente momento.

A palavra 'mundo' (como símbolo) também refere-se a um território particular da experiências humanas e essa ideia não está clara no nosso dia a dia por adota-la como "Planeta".

Como podemos entender o mundo, se há versões diferentes do mesmo para reconciliá-lo?

É importante observar os modelos e metáforas que trazemos para a nossa realidade. Precisamos observar como a simbologia se apossou e se instalou em nossas mentes sem que percebêssemos até agora.

ORGANIZAÇÃO DO CÉREBRO varia de indivíduo para indivíduo, depois há a questão da diferença individual na dominância do hemisfério e lateralidade.

Despertando a lógica: se o mundo existe independente da nossa observação, atenção e a interação com ele (segundo a fé popular), e a mente (energia) é mediada pelo cérebro, não nos parece que a matéria (corpo) compõe toda informação sobre esse mundo que nos trouxeram para ser propagada adiante, já que a mente não mais participará dela em breve?

Vamos estudar sobre isso juntos.

A metáfora - é uma analogia e está intimamente relacionada a outras retóricas figuras de linguagem que permitam atingir os seus efeitos através de associação de comparação, ou semelhança incluindo alegoria, a hipérbole e símile.

Metáforas são comparações entre duas coisas aparentemente diferentessímbolos associam duas coisas, mas nenhuma dessas associações é absoluta, e todas elas estão realmente determinadas por culturas particulares e por tempo/era (informações diferentes)

Não há símbolos que tenham significados absolutos, e não podemos lê-los por sua apresentação literal.

Ao invés de começarmos um inquérito sobre símbolos perguntando o que eles significam, o mais sensato seria começar perguntando o que entendemos o que vemos nesses símbolos.

mente funciona como uma trilha, um caminho a ser percorrido, mas é preciso saber para onde ir...

Imagine que um explorador chega a uma região pouco conhecida, onde o seu interesse é despertado por um campo de ruínas, com restos de paredes, fragmentos de colunas, e inscrições semi-apagadas e ilegíveis nas paredes dos templos. 

Ele pode se contentar com o que está inspecionado, exposto à vista, correlacionando com os argumentos dos moradores que vivem na vizinhança, sobre o que a tradição lhe disse sobre a história e o significado destes vestígios arqueológicos ou... pode agir de maneira diferente. 

Com novas ferramentas como pás, enxadas etc junto com a população local, pode limpar o “lixo superficial” e começar com os restos visíveis descobrir o que está enterrado e não visível, abrindo novas questões.

Era uma vez...
As coisas mudam de acordo com a postura que adotamos em relação a elas. O tipo de atenção que damos. 

A disposição em mudar e entender abrem novos caminhos no cérebro e a mente então pode entender além da metáfora da vida.

Isto é importante porque a diferença fundamental entre os hemisférios cerebrais reside no tipo de atenção que eles dão para esse seu mundo particular.


Há uma boa razão pela qual temos dois hemisférios:
Precisamos de ambas as versões desse mundopois existem duas realidades fundamentalmente opostas, duais, dois modos diferentes de experiências.

E o tipo de atenção que damos a elas
realmente altera o nosso mundo

Para isso vamos trabalhar no dia 4 (sábado) de agosto de 2012 muitas facetas da experiência humana. Como nosso cérebro interpreta o ambiente e como o ambiente nos afeta quando não estamos conscientes disso.

Temas que abordaremos no Workshop

  •  Instinto básico – Ataque ou Fuga – Saindo do Stand By
  •  Cérebro e Coração – o ritmo incoerente que desequilibra
  •  Percepção Seletiva – e quando o foco é desviado
  •  Mente Masculina e Mente Feminina – e seus conflitos diários
  •  Metáforas dos sintomas – entendendo nossa “doença”
  •  Estratégia Disney – O que Disney queria nos contar?


Local – Rua Barão do Flamengo, 32 cobertura. Flamengo – RJ
Hora – Das 9h às 13h – intervalos para Cafezinho
Valor da participação – R$ 50,00 = pagamento no local (aceitamos cartão de credito)

Espaço é limitado ao conforto de 30 pessoas, portanto a inscrição para fins de organização é fundamental. Mande sua intenção por email - conscienciaeexpressao@gmail.com 
ou pelo  Facebook 

Aguarde - em breve video explicativo sobre os temas que iremos abordar.

Laura e Dulce




Workshop de laura botelho fala sobre:

Mentes - Entenda porque Mentes masculinas e Mentes femininas estão em uma eterna disputa. Entender como funcionam seus cérebros faz toda a diferença para diminuir os atritos.

Emoções - Ter consciência de suas emoções, identifica-las, administra-las na medida certa, na quantidade certa, é ter equilíbrio, consequentemente = saúde e auto cura.

Neurolinguística - aprenda a usar seu cérebro. Nesse momento é ele que está usando você. A Lei do Universo é clara: Se você não é capaz de gerir sua própria energia, sua consciência, então alguém o fará por você.

Física quântica - a Nova Física mudou a nossa vida, mas você não tem consciência disso. Novas perspectivas, novos pontos de vista, novas interpretações sobre nosso velho mundo.



E-mail para contato.

"o sentido da vida é quando o seu propósito e o meu propósito se cruzam, então estamos fora do espaço, fora do tempo e trabalhamos juntos de uma forma totalmente diferente que afeta não só a você ou a mim, mas o todo"