Translate my page

Pesquisar neste BLOG

14 de jan de 2013

Palestra - Sintomas do arrependimento


Se você soubesse que há uma data provável para não estar mais nessa dimensão, ou seja, vir a falecer em um tempo mais breve do que acredita, que pensamento viria a sua mente?

Uma enfermeira americana colheu um material riquíssimo de confissões na hora da morte de inúmeros pacientes em estado terminal. Um momento sublime onde a mascara cai. 

Eles contaram sobre seus sonhos, seus arrependimentos, seus medos e suas péssimas percepções de vida - e a enfermeira resumiu em 5 pontos comuns.

Um diagnóstico tão preciso e tão fácil de ser percebido, mas que fingimos não ver, senão em casos extremos... quando o tempo se esvai. Esse material pode ajudar a muitos a entender agora, nesse exato momento, como estamos levando nossas vidas. Porque estamos frequentemente doentes. Porque estamos tão atordoados com o futuro.

Os seres humanos necessitam da visão de outras pessoas para poder enxergar a sua própria existência. O outro é uma inesgotável fonte de informação, recursos emocionais, uma visão de muitos mundos dos quais não temos acesso se nos trancarmos para essa troca.

Na hora que percebemos que não dispomos de mais tempo para manter uma “pose”, manter uma “convicção inflexível”, manter uma parcialidade nas coisas... o “filtro” perde a força e deixa a intuição falar mais alto.

Mas por que esperar tanto para rever o rumo das nossas vidas? Por que não mudar já? Por que não buscar SER ao invés de manTER?

Arrependimentos são muitos, mas esses foram os que mais pontuaram nos estudos da enfermeira.

  • Fazer mais pelo outro e cobrar isso lá na frente
  • Ter trabalhado mais e além da convivência familiar negando a própria experiência
  • De não expressar os sentimentos sinceros
  • De não ter mantido os amigos por perto
  • Não ter se permitido ser feliz por manter posições tolas.

    Com toda certeza esses são os pensamentos mais autodestrutivos que alguém possa ter e são os elementos fundamentais que levam o ser humano a perder o equilíbrio (adoecer) de forma irreversível.

Se você quiser saber mais, falarei sobre cada tópico acima e sobre cada sintoma que desvia nossa trajetória evolutiva.

Palestra Virtual – dia 22 (terça feira) de janeiro de 2013
A partir das 21h
 http://login.meetcheap.com/conference,40779863

laura botelho





Workshop de laura botelho fala sobre:

Mentes - Entenda porque Mentes masculinas e Mentes femininas estão em uma eterna disputa. Entender como funcionam seus cérebros faz toda a diferença para diminuir os atritos.

Emoções - Ter consciência de suas emoções, identifica-las, administra-las na medida certa, na quantidade certa, é ter equilíbrio, consequentemente = saúde e auto cura.

Neurolinguística - aprenda a usar seu cérebro. Nesse momento é ele que está usando você. A Lei do Universo é clara: Se você não é capaz de gerir sua própria energia, sua consciência, então alguém o fará por você.

Física quântica - a Nova Física mudou a nossa vida, mas você não tem consciência disso. Novas perspectivas, novos pontos de vista, novas interpretações sobre nosso velho mundo.



E-mail para contato.

"o sentido da vida é quando o seu propósito e o meu propósito se cruzam, então estamos fora do espaço, fora do tempo e trabalhamos juntos de uma forma totalmente diferente que afeta não só a você ou a mim, mas o todo"