Translate my page

Pesquisar neste BLOG

3 de mar de 2010

Mudanças. É agora ou nunca!

Certa tarde, o pai saiu para um passeio com suas duas filhas, uma de 8 e outra de 4 anos. Em determinado momento da caminhada, Helena, a filha mais nova, pediu ao pai que a carregasse no colo, pois estava cansada para continuar andando.

O pai respondeu que estava também muito fatigado e, diante da resposta, a garotinha começou a choramingar a fazer "corpo mole". O pai quebrou um pequeno galho de árvore e entregou a Helena dizendo:

- Olha aqui um cavalinho para você montar, filha! Ele irá lhe ajudar a seguir em frente até nossa casa.

A menina parou de chorar e passou a cavalgar no galho tão rápido e vigorosamente, que chegou a casa antes dos outros. Ficou tão encantada com seu cavalo de pau, que foi difícil fazê-la parar de galopar.

A irmã mais velha ficou intrigada com o que viu e perguntou ao pai como entender a atitude de Helena. O pai sorriu e respondeu:

- Assim é a vida, minha filha. Às vezes, a gente está física e mentalmente cansado, certo de que será impossível continuar. Mas, encontramos então um "cavalinho" qualquer que nos dá ânimo outra vez. Esse cavalinho pode ser um bom livro, um conselho de um amigo, uma canção... Assim, quando você se sentir cansado ou desanimado, lembre-se de que sempre haverá um cavalinho para cada momento que lhe dará forças para continuar.

A psicologia é uma dessas ciências que acompanha a filosofia quântica concluindo que é um sistema valioso de pensamento para os dias contemporâneos. Entender como a mente funciona é uma dádiva.

Há momentos na vida que chegamos a um fim de linha. Passamos a viagem inteira pensando em besteira e não apreciamos em nada da paisagem. Estávamos focados no chegar, (no futuro) ou na idéia da partida, do que ficou para trás (passado)...

Muito pouco foi visto no trajeto. Uma pena, pois se tivéssemos observado o momento (presente) poderíamos ter melhorado nosso destino em muito.

Manter o foco no presente nos faz prestar atenção a pequenos detalhes das informações que nos são dadas a todo o tempo. Estar presente é ter consciência (conhecimento) plena que afetamos nosso destino.

Um mundo de possibilidades está na nossa cara!

A física quântica afirma que os objetos se espalham em ondas de possibilidades, mas quando nós os observamos, os vemos como partículas localizadas (matéria), embora sua trajetória não possa ser determinada, definida.

São inúmeras as possibilidades, mas depende de nós escolhermos uma e só aí ela se materializará.
O ato de observar, de estar presente, consciente, é que determina a trajetória que será trilhada essa partícula. Um movimento que não pode ser dado por um modelo matemático. É um ato de escolha, de livre-arbítrio.

Em todas essas possíveis trajetórias, a observação acaba escolhendo uma delas e a consciência acaba fazendo essa decisão.

Desde o início a física quântica tem sido metafísica, além da física padrão. Por longas horas Niels Bohr e Einstein debatiam sobre a natureza filosófica da física quântica... era um assunto sem fim.

E pelo menos um pensamento era comum a ambos: nós temos o poder de provocar esse colapso com a nossa consciência.

Outro ponto em destaque é que nós temos que acordar, escutar, ouvir, ver esse universo autoconsciente que nos rodeia (estar presente), ficando atento a existência de duas fortes tendências:

Uma que nos levará a estados de ser cada vez mais condicionados,
Outra nos leva para um lado mais criativo.

Somos viciados no que fazemos, somos condicionados a fazer sempre as coisas da mesma maneira, sempre e sempre sem questionamentos e quanto mais condicionados ficamos, mais distantes estaremos da realidade quântica que nos evidencia que podemos alterar a realidade física e não ser manipulado por ela

Daí a criatividade e o amor, a empatia serem muito importantes, pois são forças unificadoras que nos levam de volta à unidade.  A meditação é o mergulho, o caminho para chegar a isso.

Com a nossa transformação individual interior, daremos inicio a uma transformação coletiva, mundial.

A mente precisa ganhar lugar de destaque nesse universo, pois ela é nosso processador de signos. Ela codifica, sinaliza e analisa todos os símbolos que nós recebemos do ambiente.

Temos que sair do condicionamento
da mente e partir para a criatividade.

A criatividade consiste em ver um sentido novo em algo que ninguém mais vê. Isso reforça a idéia de quão condicionados estamos nesse mundo invisível e tão presente dos símbolos.

Os insights nada mais são que um salto quântico de pensamento. Um insight é uma fonte original de pensamento, no sentido de que não existe pensamento prévio analítico, dando um salto sem passar por estágios intermediários de significados.

O atual paradigma dualista – polaridade – tende a cair nos próximos anos. E o estudo da física quântica exige que as pessoas vivenciem experiências mais profundas, que deixem o mundo superficial pragmático e comecem a ver outras possibilidades de existência.

Hoje estamos perdidos, buscando alguma coisa que nos preencha, que faça sentido para nossa existência. Estamos cansados, desanimados e confusos para seguir em frente, sem criatividade alguma.

Precisamos desesperadamente de um “cavalhinho” que nos distraia de nosso ego dormente condicionado que nos acorde para outras POSSIBILIDADES.

E elas são muitas... só depende de nós montarmos nela e galopar por aí.

Mudar - é resposta para todas as indecisões. Temos que sair do condicionamento e observar que a resposta está na ação, na escolha de um caminho e muito pouco no lamento de um choro.

“Escolher é uma função primordial da consciência
Ulrich Neisser

Laura Botelho




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre em contato conosco para mais informação sobre novos temas e locais.

Workshop de laura botelho fala sobre:

Mentes - Entenda porque Mentes masculinas e Mentes femininas estão em uma eterna disputa. Entender como funcionam seus cérebros faz toda a diferença para diminuir os atritos.

Emoções - Ter consciência de suas emoções, identifica-las, administra-las na medida certa, na quantidade certa, é ter equilíbrio, consequentemente = saúde e auto cura.

Neurolinguística - aprenda a usar seu cérebro. Nesse momento é ele que está usando você. A Lei do Universo é clara: Se você não é capaz de gerir sua própria energia, sua consciência, então alguém o fará por você.

Física quântica - a Nova Física mudou a nossa vida, mas você não tem consciência disso. Novas perspectivas, novos pontos de vista, novas interpretações sobre nosso velho mundo.



E-mail para contato.

"o sentido da vida é quando o seu propósito e o meu propósito se cruzam, então estamos fora do espaço, fora do tempo e trabalhamos juntos de uma forma totalmente diferente que afeta não só a você ou a mim, mas o todo"